Fake News

Crivella compra álcool gel para escolas?

Esclarecimento

A compra de álcool em gel, produto essencial para o combate à disseminação do novo coronavirus, se deu às vésperas da iminente reabertura das escolas municipais que estava prevista para o dia 13/4 último, conforme decreto municipal, e havia a necessidade de se oferecer condições adequadas de funcionamento nas 1.541 escolas da Rede Municipal de Ensino, com cerca de 650 mil alunos, 38 mil professores e demais funcionários de apoio. Mas com a expansão dos casos da doença, a suspensão das aulas acabou prorrogada mais uma vez.

A contratação da empresa vencedora é resultado de um processo em que as demais concorrentes informaram à Secretaria Municipal de Educação, por email, que não poderiam atender às especificações dos termos do contrato, o que inviabilizava a participação destas empresas em respeito à legislação. A empresa contratada foi a única a se adequar e aceitar as condições de compra do edital – prazo de entrega e quantidade – , nao havendo qualquer irregularidade no processo.

Apesar da manutenção do fechamento das unidades, o material adquirido está sendo utilizado na higienização das escolas durante a entrega de 187 mil cartões Cesta Básica a famílias de alunos da Rede Municipal cadastradas nos programas sociais Bolsa Família e Cartão Família Carioca, que vem ocorrendo ao longo de abril e maio em ação da Secretaria Municipal de Educação. E também em outros espaços da SME para garantir a qualidade higiênico-sanitária no enfrentamento da pandemia.

Compartilhe:

Deixe seu comentário: