Fatos

Mutirão Visão Legal beneficiou mais de 60 mil pessoas!

A 2ª fase do mutirão permanente Visão Legal, beneficiou mais de 60 mil pessoas que precisam de cirurgia nos olhos. Cerca de 30 mil intervenções cirúrgicas serão de catarata, principal causa de cegueira reversível no mundo e razão de muitos acidentes envolvendo idosos. A fila, nesse caso, será zerada. Pela primeira vez, transplantes de córnea serão feitos no mutirão, que prevê também 800 mil consultas para diversos tipos de doenças da visão. O investimento da Prefeitura nos tratamentos oftalmológicos salta de R$ 10,8 milhões para R$ 66,7 milhões por ano. 

– É importante que tenhamos um mutirão permanente. A Beatriz Busch (secretária municipal de Saúde) aperfeiçoou o programa e incluiu o transplante de córnea. Problemas com a visão, no futuro, são tão certos quanto cabelo branco. Então, é importante que tenhamos orçamento próprio da Prefeitura para isso, sempre, inclusive nos próximos governos – destacou Crivella. 

Pela primeira vez, o município do Rio conseguirá oferecer o número de vagas para a cirurgia de catarata atendendo estimativas da OMS (Organização Mundial de Saúde) em relação ao total de habitantes da cidade. 

O investimento em cirurgias do olho começou agora? 

De jeito nenhum! A Prefeitura do Rio vem investindo na ampliação de vagas para a especialidade desde 2017, não só na rede contratualizada, mas também nas unidades da rede própria que oferecem os serviços, como os hospitais municipais Miguel Couto e da Piedade. O investimento também permitiu zerar as solicitações pendentes para cirurgias de catarata, inseridas no Sistema de Regulação nos anos de 2015, 2016, 2017, e 2018. 

Compartilhe:

Deixe seu comentário: