Fatos

Legado na saúde: 27 tomógrafos de última geração adquiridos para o município doRio de janeiro

A Prefeitura do Rio fez nos últimos três anos um grande investimento na renovação do parque tecnológico da unidades de saúde da rede municipal.
Foram comprados mais de 18 mil itens em um total de R$ 370 milhões. As compras foram realizadas em dois momentos:
O primeiro investimento foi feito em 2018 – valor de R$ 70 milhões, e o segundo no fim de 2019 – R$300 milhões.
Entre os equipamentos adquiridos merecem destaque os tomógrafos e os respiradores.

Tomógrafos são essenciais para salvar vidas e combater a Covid-19!

Um dos pontos que têm feito com que a Prefeitura do Rio tenha se destacado no combate ao novo coronavírus é a instalação de tomógrafos em vários bairros da cidade, o que permite o diagnóstico rápido e eficaz das condições pulmonares do paciente, permitindo assim o tratamento logo no início. Em várias unidades de saúde cariocas, além do tomógrafo, há espaços de acolhimento imediato para os cidadãos cujos exames detectam alguma anormalidade. Só durante a pandemia do Covid-19, foram instalados 12 tomógrafos.

Desde 2017, já foram adquiridos 27 tomógrafos. Desses, 23 já estão instalados e 16 em pleno funcionamento, como os hospitais:

– Salgado Filho/ Méier.
– Pedro II/ Santa Cruz.
– Lourenço Jorge/ Barra
– Miguel Couto/ Leblon
– Ronaldo Gazolla/ Acari
– Souza Aguiar/ Centro
– Rocha Faria/ Campo Grande
– Evandro Freire/ Ilha do Governador
– Francisco da Silva Telles/ Irajá
– Piedade (falta conclusão de obra para funcionar)
– Hospital de Campanha/ Rio Centro
– Policlínica Rodolpho Rocco/ Del Castilho
– Policlínica Guilherme da Silveira/ Bangu
– Policlínica Lincoln de Freitas Filho/ Santa Cruz
– Pavuna – estacionamento do Shopping
– UPA da Cidade de Deus
– Centro Municipal de Saúde Belizário Pena/ Campo Grande
– Clínica da Família Adib Jatene/ Maré
– UPA de Madureira
– Rocinha/ estacionamento de uma igreja
– CMS Harvey Ribeiro de Souza Filho/ Recreio
– Centro de imagem/ Rio das Pedras

Cada tomógrafo tem capacidade para realizar 1.200 exames por mês.
Além desses aparelhos, cada centro de imagem conta também com um aparelho de Raio X. Foram comprados 162 aparelhos de Raio-X.

Os locais escolhidos para a instalação são os com maior concentração de pessoas.
Há espaços em que os tomógrafos já foram instalados e o início de funcionamento depende apenas de testes, adequação técnica dos equipamentos e treinamento das equipes.

Compartilhe:

Deixe seu comentário: